28/08/2018 / Notícia

Situação de mercado tensa relativamente à PA 66

Desde o início do ano que o mercado luta contra as fortes dificuldades no fornecimento de poliamida 66, uma matéria-prima necessária para a produção das barras de isolamento insulbar. O problema reside em diversos motivos de força maior na Solvay e BASF e, consequentemente, nas falhas permanentes na produção de componentes básicos para o fabrico de PA 66. Além disso, devido à escassez da oferta e à conjuntura favorável, a procura é particularmente elevada há já muito tempo, o que agrava ainda mais as já tensas condições de aquisição.
Ilustração do granulado preto para a poliamida 66Os perfis de isolamento insulbar da Ensinger são produzidos em poliamida 66. Estes distinguem-se por boas propriedades mecânicas, pela resistência química e ao desgaste e pela extraordinária maquinabilidade e estabilidade dimensional.

A gama insulbar também é seriamente afetada por esta situação. No entanto, graças aos nossos contactos e parcerias de vários anos no mercado das matérias-primas, conseguimos até ao momento, em colaboração com os nossos fornecedores e através de medidas internas, salvaguardar a segurança do abastecimento.

No início de 2019, prevê-se o encerramento da única unidade de ADN  europeia, em França, durante vários meses. Consequentemente, são expectáveis outros desafios na cadeia de fornecimento.

Devido a esta escassez a nível mundial, os preços de aquisição da poliamida 66 explodiram mais uma vez de forma significativa desde o início do ano. Já hoje é previsível que esta tendência se mantenha durante o próximo ano.

Tem alguma dúvida ou questão relativamente à situação atual? Contacte-nos. Estamos à sua inteira disposição para lhe prestar qualquer esclarecimento.